Notícias

Portugal é o país convidado de honra da 26ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Portugal é o país convidado de honra da 26ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Portugal é o país convidado de honra da 26ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontecerá de 2 a 10 de julho de 2022, ano em que o Brasil comemora o Bicentenário de sua Independência. O evento, que reúne players e autores nacionais e internacionais, editoras brasileiras e internacionais, livrarias e distribuidoras, é realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL).

O país homenageado receberá uma área específica onde serão realizadas diversas atividades culturais e de negócios. O objetivo é estreitar as relações e promover a cultura do convidado junto às mais de 600 mil pessoas que visitam a Bienal Internacional do Livro de São Paulo a cada edição.

O presidente da CBL, Vitor Tavares, detalha que entre os países falantes da Língua Portuguesa, aquele com o qual o Brasil possui um dos mais fortes intercâmbios é Portugal. Isso acontece não somente graças à proximidade consular, mas, também, devido às frutíferas relações comerciais. “Além da língua e da cultura, muitos aspectos nos unem e estimulam uma relação bilateral proveitosa, baseada na admiração mútua”, assegura.

Segundo dados da plataforma de estatísticas International Trade Centre (disponível em: www.trademap.org), o Brasil encontra-se no 7º lugar da lista de origem das importações de livros, brochuras e outros produtos impressos, totalizando 1,547 milhão de dólares em transações em 2019.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, declarou em encontro com o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França, que 2022 será um ano muito importante para o aprofundamento das relações bilaterais entre Portugal e o Brasil: “lançaremos a sétima cátedra de estudos portugueses no Brasil, e fomos convidados para sermos o país-tema da próxima Bienal Internacional do Livro de São Paulo, tivemos muito gosto nesse convite, e já transmitimos a nossa aceitação”. O país ibérico também fará parte das comemorações do bicentenário da Independência brasileira.

 

Voltar
OKN Group