Notícias

Câmara Brasileira do Livro anuncia Pedro Almeida como curador do Prêmio Jabuti

Câmara Brasileira do Livro anuncia Pedro Almeida  como curador do Prêmio Jabuti

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) acaba de confirmar Pedro Almeida como o novo curador do Prêmio Jabuti. Editor com 26 anos de experiência no mercado, jornalista e professor de literatura, Pedro aglomera todas as qualidades que a CBL buscava. “O Jabuti, em mais de meio século de existência, renova-se permanentemente, cumprindo sua missão principal de promover o livro, conferir visibilidade à produção editorial brasileira reconhecer talentos e revelar novos escritores. O mercado literário está em constante transformação, nesse sentido, ninguém melhor do que Pedro Almeida para esse novo momento do Prêmio Jabuti”, afirma Vitor Tavares, presidente da Câmara Brasileira do Livro.

“Sinto-me honrado em ser o curador do Jabuti, e meu propósito é fazê-lo espalhar literatura pelo Brasil. Estou entusiasmado com a possibilidade de torná-lo um meio, cada vez mais expressivo, para a promoção da literatura, da leitura e dos livros, as ferramentas da Educaçã”, destaca Pedro Almeida, curador do Prêmio Jabuti.

Pedro Almeida é Jornalista, Professor de Literatura, com curso de extensão em Marketing pela Universidade de Berkeley. Tem experiência profissional de 26 anos atuando na gestão de editoras de pequeno e médio porte e de Publisher em editoras de grande porte, nas áreas de ficção, não-ficção e autoajuda, tendo realizado diversos projetos, nacionais e internacionais. É professor de MBA Publishing desde 2014. Escreve regularmente para o Publishnews na coluna: “Leia antes de ver” sobre o mercado editorial e, desde 2016, é membro do Conselho Curador do Prêmio Jabuti.

O novo curador já definiu o grupo de conselheiros que trabalhará na 61ª edição do Prêmio. “Fiz a escolha do conselho pensando na dimensão do prêmio, nas diferentes áreas que ele avaliza. Trata-se de um conselho que reúne grandes profissionais, todos editores, que conhecem com profundidade a atividade de escolher, editar e produzir livros, que representam um amplo espectro das categorias presentes no Jabuti.”

O conselho curador será composto por:

Mariana Diniz Mendes, formada em Letras, é editora do canal Bondelê (Youtube). Trabalhou por 19 anos no departamento de Educação da Companhia das Letras. É pós-graduanda em literatura brasileira e integra o conselho do Jabuti desde 2018.

Camile Mendrot é editora, formada em Produção Editorial dedicada aos estudos de literatura infantil e juvenil. No âmbito profissional, ao longo de seus 20 anos de atividade, Camile Mendrot passou por grandes e expressivas casas editoriais brasileiras. Há 10 anos tem seu próprio estúdio de produção editorial, o Ab Aeterno, e por meio dele vem desenvolvendo projetos e serviços editoriais a diversas editoras e empresas nacionais e internacionais.

Cassius Medauar é jornalista, com experiência de vinte anos de mercado, acabou enveredando pelo jornalismo cultural, editou quadrinhos em muitas editoras pelas quais passou e é premiado diversas vezes com o HQ Mix, o Oscar dos quadrinhos. Ajudou a mudar o mercado brasileiro de HQ com uma

sequência de lançamentos dos selos Vertigo e Wildstorm para a Pixel/Ediouro. É gerente de conteúdo da Editora JBC há 7 anos. Em 2018, foi jurado do Prêmio Jabuti na categoria Histórias em Quadrinhos.

Marcos Marcionilo é formado em Filosofia pela PUCSP. Com trajetória profissional de quarenta anos, desde 1979, quando começou como revisor na Paulus [então Edições Paulinas], é atualmente editor e sócio-proprietário da Parábola Editorial, editora especializada em Letras e Linguística, criada em 2001. Atua também como tradutor, com mais de 70 obras traduzidas, e parecerista editorial. Em 2018, foi jurado do Prêmio Jabuti na categoria Humanidades.

Definições do calendário de inscrições e premiação deverão ser realizadas nas próximas semanas.

Sobre a CBL

Fundada em 20 de setembro de 1946, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) congrega editores, livreiros, distribuidores e creditistas de todo o Brasil com o objetivo maior de valorizar o livro e, assim, desenvolver e ampliar o mercado. As ações para difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as maiores bandeiras da entidade. A CBL organiza alguns dos mais importantes e tradicionais eventos do setor editorial brasileiro, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Prêmio Jabuti, o Congresso Internacional CBL do Livro Digital e a Escola do Livro, além de participar de feiras nacionais e internacionais. Em 2019 a entidade completa 73 anos.

 

Voltar
OKN Group