Notícias

Mercado do Livro se une na busca de soluções para inibir os descontos abusivos no comércio online

Mercado do Livro se une na busca de soluções para inibir os descontos abusivos no comércio online

Em encontro inédito entre livreiros, editores e distribuidores, o mercado se une pela valorização do produto livro como bem cultural e de entretenimento. A reunião evidenciou a importância de por um fim aos abusivos descontos  praticados no comércio online, com atenção inclusive à oferta de produtos abaixo de seu preço de custo.

Na ocasião, foi apresentada a Planilha de Monitoramento de Captação de Preços e Desconto Médio, que será produzida e acompanhada semanalmente.

Em um recorte de 1 semana: 21,15% foi o menor desconto e 33,54% foi o desconto médio, houve descontos de até 46,11%.

Destaques:

No encontro foram apontados exemplos de editoras que já monitoram, há mais de 4 anos, com certo sucesso, os grandes Marketplaces. Elas chegaram a advertir aqueles que praticam a concorrência desleal e predatória e que causam, em última análise, grandes prejuízos a todos os agentes do nosso setor não apenas à livraria física.

Embora poucos tenham conhecimento, poderosos Marketplaces já tiveram problemas com editoras que, após vários avisos sobre a prática de descontos abusivos, voltaram a fornecer somente depois da devida correção de preço por parte destes Marketplaces.

Algumas conclusões e propostas de ação:

— O livro não deve ser banalizado. Ele tem um valor social e de entretenimento que não pode ser degradado e sua percepção de valor deve ser mantida.

— Pela análise da Planilha poderão ser destacadas as editoras que desenvolvem um varejo consciente.

— Caberá a cada envolvido com o varejo do livro online decidir qual será sua conduta comercial com aqueles que praticam a concorrência predatória.

— As livrarias devem ser valorizadas como ponto de encontro e espaço de entretenimento, onde os leitores sempre poderão ter experiências enriquecedoras.

—  Será convocada uma nova reunião, em um prazo estimado de 90 dias, na qual as editoras trarão suas experiências e ações que visam o combate, de forma incisiva, ao comércio predatório.

A reunião organizada por livreiros com o apoio da Associação Nacional de Livrarias-ANL e da Câmara Brasileira do Livro, na sede da CBL, aconteceu em 07 de novembro de 2019, na capital paulista. Mais de 50 empresas entre as mais representativas do setor estavam presentes.

Grupo de Livreiros
Associação Nacional de Livrarias – ANL
Câmara Brasileira do Livro -CBL

 

Voltar
OKN Group