BRASIL SERÁ PAÍS HOMANAGEADO NO 35º SALÃO DO LIVRO DE PARIS

BRASIL SERÁ PAÍS HOMANAGEADO NO 35º SALÃO DO LIVRO DE PARIS

BRASIL SERÁ PAÍS HOMANAGEADO NO 35º SALÃO DO LIVRO DE PARIS

Câmara Brasileira do Livro, Ministério da Cultura e Ministério das Relações Exteriores irão fomentar a internacionalização do mercado editorial brasileiro no evento

Salão do Livro de Paris – um dos mais importantes eventos literários do calendário mundial – acontece de 20 a 23 de março de 2015

São Paulo, dezembro de 2014 – O Salão do Livro de Paris, que será realizado entre os dias 20 e 23 de março de 2015, na capital francesa, é um dos mais importantes eventos literários do mundo e, nesta 35ª edição, escolheu o Brasil como país homenageado, configurando espaço privilegiado para divulgação da riqueza e diversidade da produção intelectual no exterior, sobretudo no campo da literatura.

“É a segunda vez que o Brasil será homenageado no Salão do Livro de Paris, a primeira foi em 1998, o que demonstra, mais uma vez, o interesse dos países europeus em conhecer melhor nossa cultura e nossa produção editorial”, comenta Karine Pansa, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL). “Nos últimos dois anos, a literatura brasileira tem sido festejada, obtendo destaque nos principais eventos do segmento e participando como convidada de honra em grandes feiras da Alemanha, Itália, Suécia e Colômbia”, completa.

Este trabalho vem sendo realizado pela CBL de modo consistente há seis anos, pelo Projeto Setorial Brazilian Publishers (BP) uma parceria da Câmara Brasileira do Livro com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Sob o conceito “O Brasil que lê o mundo para o mundo ler cada vez mais o Brasil”, o projeto busca avançar a participação global do conteúdo editorial brasileiro sustentada por resultados atrativos, com a natural difusão da cultura e do conhecimento do País e elevação da maturidade do setor empresarial.

“A produção cultural do Brasil é rica e diversificada e se materializa fortemente na literatura de qualidade, a qual precisa tornar-se cada vez mais presente e acessível para todos os leitores do mundo. A promoção do livro e da literatura brasileira no exterior é essencial para o desenvolvimento de um maior intercâmbio científico e cultural, o que amplia as divisas do país, fortalece nossa moeda, e promove melhoria da qualidade de vida em todos os níveis”, explica Karine.

ATUAÇÃO DO BRAZILIAN PUBLISHERS

O Projeto Setorial Brazilian Publishers incorporou o conceito criado pela Apex-Brasil – Brasil Beyond – que representa o país em ações de negócios no exterior. O objetivo é incentivar os potenciais compradores e formadores de opinião internacionais a vivenciarem experiências do Brasil que vão além de seus atributos já consagrados – natureza exuberante, povo alegre, mistura de culturas – mas que contam também com uma sociedade criativa, preparada para os negócios e que preza pela sustentabilidade, inovação e competitividade: O Brasil que lê o mundo para o mundo ler cada vez mais o Brasil

Atualmente o Brazilian Publishers conta com mais de 65 editoras, e há uma evolução na estratégia e na qualidade das ações realizadas. Em 2013, foi contabilizado US$ 3 milhões em negócios fechados, considerando venda de direitos autorais e de livros impressos. A combinação de atividades que auxiliam na preparação dos empresários e eventos direcionados para negócios durante as feiras internacionais, é um dos exemplos da busca do BP pelo aumento das exportações por meio do aumento da competividade das empresas associadas.

Para continuar a gerar resultados expressivos para o mercado e levar o melhor da produção brasileira para o Salão de Paris, a CBL continua com foco na capacitação das editoras para se tornarem players importantes no setor e cenário global.

PREPARATIVOS

Com o objetivo de impulsionar o processo de internacionalização do livro, e, para estimular o mercado editorial brasileiro, o Brazilian Publishers, programou atividades com foco na capacitação dos empresários. Em 26 de janeiro próximo, haverá um workshop em São Paulo, com um especialista do mercado francês, que mostrará como funciona o setor editorial e quem são seus players.

Em março, dias antes do início do Salão do Livro de Paris, 25 editores e empreendedores nacionais poderão participar de um seminário sobre negócios, organizado pela CBL e pelo Bureau Internacional de L’édition Française. O encontro acontecerá nos dias 16, 17 e 18 de março, antecedendo o evento na capital francesa, e foi desenvolvido para ajudar a estreitar as relações comerciais e facilitar a negociação de direitos autorais de obras brasileiras.

ATIVIDADES NO SALÃO DO LIVRO DE PARIS

Durante o evento, o Brazilian Publishers realizará a rodada de negócios, incentivando empresários brasileiros a encontrarem as melhores relações entre demanda e oferta para seus negócios. As editoras brasileiras que se inscreverem receberão do BP todas as informações e capacitação para participarem destes encontros.

Como país homenageado, o Brasil terá um estande coletivo de 500m², que contemplará uma livraria, uma área de negócios para os editores, auditório para 80 pessoas, além de uma exposição artística.

Uma comitiva de 45 escritores brasileiros, todos com livros traduzidos para o francês, participará de várias apresentações como parte da agenda oficial do evento.

Coordenado pelo Ministério da Cultura, o Comitê Organizador do Salão do Livro de Paris 2015 é constituído por membros dos seguintes órgãos e entidades: Ministério da Cultura (MinC), Ministério das Relações Exteriores (MRE), Conselho Diretivo do Plano Nacional de Livro e Leitura (PNLL), Câmara Brasileira do Livro (CBL), Academia Brasileira de Letras (ABL), União Brasileira de Escritores (UBE), Liga Brasileira de Editoras (LIBRE), Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU) e Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

 

Voltar
OKN Group