Brasil será homenageado na Feira de Livros de Bolonha em 2014

Brasil será homenageado na Feira de Livros de Bolonha em 2014

Brasil será homenageado na Feira de Livros de Bolonha em 2014

Na edição de 2013, seis autores brasileiros representarão o País durante o anúncio oficial da homenagem que será feita no ano que vem, quando 30 escritores irão à Itália

A Câmara Brasileira do Livro (CBL), por meio do projeto Brazilian Publishers – uma parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) –, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) organizam mais uma participação do Brasil em eventos internacionais: a Feira de Livros para Crianças de Bolonha, na Itália, de 25 a 28 de março deste ano.

Já em 2014, pela segunda vez, o País assumirá a condição de convidado de honra. Na homenagem que receberá da maior e mais importante feira internacional de livros para crianças e jovens, o Brasil apresentará ao mundo toda a diversidade da sua produção editorial e a riqueza de sua cultura. Sob o slogan “um país cheio de vozes”, adotado para as próximas homenagens até 2020, serão lançadas luzes sobre as marcas de nossa produção editorial para esse segmento: a multiplicidade cultural, a capacidade de ressignificar influências externas e a intertextualidade.

“O Brasil vive um momento ímpar de representatividade da sua cultura literária no mundo todo e essa homenagem também no segmento infanto-juvenil só faz coroar o trabalho desenvolvido por autores brasileiros”, afirma Karine Pansa, presidente da CBL, lembrando que o País será homenageado em 2013 na Feira do Livro de Frankfurt, em 2015, no Salão do Livro de Paris, e até 2020, nas feiras do Livro de Londres e de Nova York. “Um dos vetores para a pluralização da leitura está na democratização e no intercâmbio de livros e escritores. Nesse sentido, essa troca com todas essas nações de culturas tão distintas não apenas premia a nossa produção literária, como favorece o mercado nacional”.

Parceira da CBL e da Apex-Brasil nesses objetivos, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), vinculada ao Ministério da Cultura, lançou em 2012 um edital específico para fomentar a publicação de livros infantis e juvenis no exterior. Durante a coletiva de imprensa que será realizada na feira de Bolonha deste ano, no dia 27, às 10h, no Pavilhão da Feira, representantes dessas entidades e organismos públicos mostrarão o conceito da participação brasileira em 2014, além de adiantar algumas atividades da programação cultural.

Também com o objetivo de estimular a publicação internacional de autores brasileiros nesse segmento, será apresentada em Bolonha a 3ª edição da Revista Machado de Assis – Literatura Brasileira em Tradução, dedicada especialmente à literatura para crianças e jovens. Essas iniciativas fazem parte da preparação do Brasil para a intensa programação literária e cultural em Bolonha em 2014.

Nesta 50ª edição da Feira de Bolonha, que terá 1.200 expositores, de 66 países, em uma área de 20 mil m2, o Brasil, em um estande de 128 m2, já antecipará um pouco do que será visto em 2014, quando levará cerca de 30 autores para participar de leituras públicas, palestras e atividades, tanto na feira como em livrarias, universidades, museus e bibliotecas da cidade italiana.

Neste ano, seis autores brasileiros estarão em Bolonha: Ana Maria Machado (prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel de literatura infanto-juvenil, em 2000), Anielizabeth Cruz, Maurício de Sousa, Anna Claudia Ramos, Roger Mello (indicado ao prêmio Hans Christian Andersen em 2010) e Sandra Pina. A programação cultural completa da edição de 2014 será divulgada em junho e contará com diversos eventos, ocupando importantes espaços de Bolonha.

 

Voltar
OKN Group