Notícias

Projeto Retomada das Livrarias arrecada 530 mil reais

Projeto Retomada das Livrarias arrecada 530 mil reais

O montante foi compartilhado entre 53 pequenas e médias livrarias brasileiras

 

A Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Associação Nacional de Livrarias (ANL) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), associados a alguns importantes players do mercado editorial brasileiro, criaram o Projeto Retomada das Livrarias com o intuito de ajudar estabelecimentos essenciais para a cultura de um povo e de um país: as livrarias.

De junho pra cá, mais de 300 pessoas e empresas abraçaram essa iniciativa e contribuíram para uma arrecadação de R$ 530 mil.

Em agosto, cada uma das 53 livrarias selecionadas recebeu um primeiro depósito de R$ 5 mil. Uma segunda parcela de R$ 4 mil foi feita em setembro. A terceira e última parcela, no valor de R$ 1 mil, será depositada até o dia 15 de outubro.

O Projeto se encerra após ter alcançado o objetivo de repassar um total de R$ 10 mil para cada uma das livrarias selecionadas.

“O projeto termina com a certeza de que a união de todos é fundamental para o fortalecimento do setor editorial brasileiro. As pequenas e médias livrarias desempenham um papel essencial na cadeia produtiva do livro, responsável por grandes transformações na sociedade”, analisa Vitor Tavares, presidente da CBL.

A seleção das 53 livrarias foi feita por um grupo de empresas de inquestionável importância no cenário livreiro nacional: as editoras Companhia das Letras, Melhoramentos, Record e WMF Martins Fontes; as distribuidoras Catavento, Disal, Inovação e Loyola; e a livraria Leitura. Os critérios adotados para a escolha das livrarias foram: médias, pequenas ou microempresas com, no mínimo, 50% de suas atividades voltadas para a venda de livros. Para além disso, as livrarias precisavam estar adimplentes e sem protestos até 15/03/2020.

Benefícios mais amplos

Todas as 213 livrarias que se inscreveram no Projeto terão acesso a serviços oferecidos por parceiros dessa iniciativa.

A MVB Brasil disponibilizará o acesso e uso gratuito da plataforma Metabooks até dezembro de 2020.

A FMZ Tecnologia em Sistemas oferecerá às livrarias inscritas a isenção dos custos de implementação do sistema Horus. Condições especiais poderão incluir a gratuidade de locação de uso do sistema nos primeiros meses de contrato (para configurações básicas).

 

 

Voltar
OKN Group