Notícias

Programação – II Seminário A Língua Portuguesa na Educação, na Literatura e na Comunicação

Programação – II Seminário A Língua Portuguesa na Educação, na Literatura e na Comunicação

Realização: Comissão para Promoção de Conteúdo em Língua Portuguesa (CPCLP) – Câmara Brasileira do Livro

22/11

11h – Abertura

Representante do Sesc São Paulo

Representante da Câmara Brasileira do Livro

14h – 15h30 – Comunicação 1

Espaços, memória e experiência histórica na literatura contemporânea

Ementa: Nas obras a serem analisadas, de autoria de escritoras e escritores do mundo literário lusófono, busca-se repensar de que maneira as noções de território, lugar e história podem ser discutidas a partir da criação ficcional e poética.

Mediador: Prof. Dr. Cristhiano Aguiar (Mackenzie)

  1. A experiência migratória em contos da literatura cabo-verdiana e moçambicana

Giselle Rodrigues Ribeiro

  1. Salgar a carne morta: uma concepção triádica no espaço em Vermelho Amargo, de Bartolomeu Campos de Queirós

Luana Jéssika Dela-Flora

  1. Cortejo de fantasmas: os espaços da memória em Rainhas da Noite, de João Paulo Borges Coelho

Bruna Del Valle de Nóbrega

  1. A interface história e ficção no romance Mad Maria, de Márcio de Souza

José Ferreira Costa

  1. Ficção e história em As visitas do dr. Valdez, de João Paulo Borges Coelho

Cinthia Aparecida Lemes

 

14h – 15h30 – Comunicação 2

Língua portuguesa e ensino: formação docente e estratégias

Ementa: As comunicações desta mesa apresentam diferentes estratégias para o trabalho docente nas aulas de língua portuguesa, fomentando a ação dialógica a partir do binômio teoria-prática.

Mediação: Profa. Dra. Elaine Cristina Prado dos Santos (Mackenzie)

  1. Vozes silenciadas: formação inicial de professores e o papel da literatura na escola como ação afirmativa

Denise Cenci

  1. O que o seu aluno realmente precisa aprender? Estratégias comunicativas e socioculturais em aulas de Português Língua Adicional

Marceli Cherchiglia Aquino

  1. A roteirização na produção de microdocumentários nas aulas de língua portuguesa: uma proposta para o trabalho com a escrita e a oralidade

Gisane Márcia Carvalho Dinnouti

  1. Ensino de língua portuguesa por meio de tecnologias digitais

Nívea Eliane Farah

 

15h30 – 17h – Comunicação 3

Literatura contemporânea e representações da marginalidade social

Ementa: Experiências pós-coloniais se aliam à percepção da cisão social nos grandes centros urbanos brasileiros por meio de múltiplas possibilidades narrativas no teatro, no conto, no romance e na escrita do eu.

Mediação: Profa. Dra. Rosangela Sarteschi (USP)

  1. Nós matamos o cão tinhoso: a narrativa sob o império português

Fábio Salem Daie

  1. Cultura popular e critica social em Malhação do Judas Carioca, de João Antônio

Clara Ávila Ornellas

  1. Uma existência atópica: vida e obra de Carolina Maria de Jesus

Edgar Godoi Gabriel

  1. Marginalidade em Violência na Dramaturgia, de Plínio de Marcos

Sérgio Manoel Rodrigues

15h30 – 17h – Comunicação 4

O poético, o erótico e o feminino na literatura

Ementa: O debate sobre o feminino e o erótico perpassa uma série de questões importantes, tais como o corpo, o discurso e o desejo. Esse debate será feito partir de considerações a respeito de textos ensaísticos, ficcionais e poéticos.

Mediador: Profa. Dra. Maria dos Prazeres Santos Mendes (USP)

  1. Corpo múltiplo de Serrano como corpo comunitário

Luana Barossi

  1. Não tenhas medo de ser: o corpo da/na poesia erótica de Maria Teresa Horta e Olga Savary

Bruna Renata Bernardo Escaleira

  1. A pulsão ensaística em Esse Cabelo, de Djaimilia Pereira de Almeida

Bianca Mafra Gonçalves

  1. A representatividade da voz feminina no Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago

Fabrizio Uechi

 

 

17h30 – 19h – Mesa:

Mesa: O valor da Língua Portuguesa

Com Irene Vida Gala (Itamaraty) e Marina Sartori de Toledo (Museu da Língua Portuguesa)

Neste encontro, discutiremos a percepção do valor social da língua portuguesa no Brasil, abordando as ações do Estado e das instituições culturais para o reconhecimento desse idioma como bem cultural. Propomos também colocar em perspectiva a relevância da língua na política internacional, na economia, no mercado de trabalho e na redução das desigualdades sociais. Com a embaixadora Irene Vida Gala, do Ministério das Relações Exteriores (Eresp), formada em Direito pela USP, mestre em relações internacionais e testemunha da criação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP); e Marina Sartori de Toledo, mestre em Artes pela ECA-USP, assessora técnica da diretoria no Museu da Língua Portuguesa e especializada na área de exposições e museus. Mediação: Francis Manzoni, doutor em História pela PUC-SP, coordenador da CPCLP-CBL e coordenador editorial nas Edições Sesc.

 

23/11

 

10h30 – 12h30

Mesa literária: Brasil e Moçambique: leituras, influências e produção literária

Com os escritores Ungulani Ba Ka Khosa e Maria Valéria Rezende

Josélia Aguiar, jornalista e doutora em História, foi curadora da Flip e mediará a conversa entre o premiado escritor e professor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa e a também premiada e festejada autora brasileira Maria Valéria Rezende. Na pauta, estarão a produção literária dos dois escritores, que possuem larga experiência em educação, e também suas principais influências culturais e de outros autores, que perpassam a formação de sua obra.

14h – 15h30 – Comunicação 5

Leitura, escrita e ensino de língua portuguesa

Mediação: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira (PUC-SP)

Esta sessão de comunicações aborda, em sentido lato e estrito, o ensino de língua portuguesa nas vertentes que contemplam a articulação gramatical, os procedimentos de leitura e as táticas de produção textual, por meio de ponderações a respeito das articulações léxico-gramaticais de coesão, da lógica semântica de coerência e da organização composicional da escrita.

 

  1. Língua portuguesa, formação integral do educando e ferramenta pedagógica Maprei: perspectivas

Saraj Jimena Moreno de Paula

  1. A produção escrita no Ensino Médio: uma proposta didático-metodológica

Ana Flávia Nejaim Mesquita

  1. Aula de português no Ensino Superior: um olhar para a aprendizagem significativa

Luciana Paula Bento Luciani

  1. Leitura literária no Ensino Médio: entre a obrigação e a fruição

Paula Crepaldi Campião

 

14h – 15h30 – Comunicação 6

Dialogismo na contemporaneidade e sua recepção: jornalismo, publicidade, propaganda e mangás

Profa. Dra. Maria dos Prazeres Santos Mendes (USP)

  1. O conceito de dialogismo bakhtiano na formação continuada de professores a partir do gênero propaganda

Gisele Maria Souza Barachati e Thiago Vasquez Molina

  1. Ilustrações jornalísticas nas aulas de língua portuguesa: a linguagem não verbal na formação crítica do leitor

Losana Hada de Oliveira Prado

  1. Uso de podcasts como estratégia de ensino de língua portuguesa em curso de publicidade e propaganda

Fernando Luís Cazarotto Berlezzi

  1. Literatura e mangá: o romantismo em Basilisk, de Fuutarou Yamada e Masaki Segawa

Alessandro Caraça Fonseca

15h30 – 17h – Comunicação 7

Interação social e mediações discursivas

Mediação: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira (PUC-SP)

Esta sessão de comunicações traz reflexões sobre as formas de interação, de tratamento e de abordagens sociais presentes em manifestações discursivas marcadas pela empatia estabelecida entre sujeitos produtores de enunciados concretos que se configuram por relações dialógicas, especificadas pelos diferentes ambientes de relacionamento.

  1. Descortesia nos debates políticos de 1989 e de 2014: comparação das estratégias utilizadas

Mariana Santos de Andrade

  1. A cortesia no monitoramento do mal-entendido em tweets

Débora Cristina Longo Andrade

  1. O perigo da literatura: considerações sobre leitura, crítica e ensino

Ricardo Alexandre Rodrigues

  1. “Eu sei que vou te amar”: uma análise transdisciplinar entre as estruturas musical e poética da canção

Daniel de Thomaz

 

 

15h30 – 17h – Comunicação 8

Língua portuguesa e sala de aula: possibilidades

Esta mesa abre-se a discussões em torno de distintas formas que permeiam ferramentas para o ensino do português, seja como língua materna, seja como língua estrangeira.

Mediação: Profa. Dra. Regina Helena Pires de Brito (Mackenzie)

  1. Do alfabeto à leitura significativa: construção da oralidade nos anos iniciais do Ensino Fundamental

Talita Alves Silva

  1. O repertório literário dos livros didáticos de língua portuguesa e a temática racial

Nara Lasevicius Carreira

  1. Lusofonia em expansão: análise de material didático de português língua estrangeira Gabriella da Silva Araújo
  2. Literatura e instrução moral: uma análise inicial da função pedagógica da obra ficcional de Figueiredo Pimentel (1889-1896)

Susana Palermo de Souza

 

17h30 – 19h – Autores de língua portuguesa: quanto vale um prêmio literário?

Com os escritores Silviano Santiago e Maria Valéria Rezende. Mediação da curadora Selma Caetano.

Os prêmios literários têm como objetivo a promoção e o reconhecimento dos escritores e suas obras. Essa mesa propõe refletir sobre o impacto das premiações na imprensa, no público leitor e na trajetória dos autores. Maria Valéria Resende é romancista, autora de contos, crônicas, livros infantis e de não ficção, muitos deles premiados. É graduada em Língua e Literatura Francesa na Universidade de Nancy e em Pedagogia na PUC-SP e mestre em Sociologia pela UFPB. O premiado escritor Silviano Santiago tem dentre suas obras romances, contos, ensaios literários e culturais. É doutor em Letras pela Sorbonne, professor na PUC-Rio e também professor emérito da UFF. Selma Caetano é curadora do Prêmio Oceanos.

 

Inscrições para participação no site: http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/

 

Voltar
OKN Group