Notícias

CBL e SNEL apresentam as novidades da Pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro Ano-Base 2019

CBL e SNEL apresentam as novidades da Pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro Ano-Base 2019

CBL e SNEL apresentam as novidades da

Pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro Ano-Base 2019

Importante estudo anual sobre os números e perfil do mercado será divulgado em abril

 

Conteúdo digital deve ganhar mais visibilidade na próxima edição da pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, que ainda assim seguirá com destaque para os livros físicos. O levantamento, que será apresentado em abril deste ano, terá como base os dados de 2019. Nesta 16ª edição do estudo, coordenado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e a Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Nielsen Book será a parceira das instituições na produção do mapa da produção editorial brasileira. A Nielsen entra no lugar da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que ao longo de 15 anos ajudou as entidades na coleta e análise desses dados.

CBL e SNEL garantem que a pesquisa seguirá os mesmo critérios de antes, que continuará por ora com o mesmo modelo de questionário consolidado ao longo dos últimos anos. Segundo os coordenadores da pesquisa, a nova gestão na apuração dos dados não deverá ser sentida pelas editoras. Para garantir a continuidade do modelo de estudo, a economista Mariana Bueno passa a integrar o time da Nielsen, continuando à frente da pesquisa e em contato com as empresas do setor livreiro. Um outro ponto favorável é o fato da Nielsen ser uma empresa bastante conhecida do segmento, uma vez que já tem parceria com o SNEL na pesquisa Painel do Varejo de Livros no Brasil, que divulga, mensalmente, os números de livros vendidos e faturamento do mercado.

Vale lembrar que a pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro analisa as publicações de livros no Brasil, dispondo o ano anterior como base. O estudo apresenta também a performance do mercado como um todo e de cada um dos seus quatro subsetores: Didáticos; Científicos, Técnicos e Profissionais (CTP); Obras Gerais e Religiosos.

As editoras começam a responder os questionários a partir do dia 15 de janeiro. Já a  apresentação da pesquisa para toda a imprensa deverá acontecer no final do mês de abril, assim como foi em 2019.

 

 

 

 

Voltar
OKN Group