Notícias

CBL é a nova Agência Brasileira do ISBN

CBL é a nova Agência Brasileira do ISBN

Com mais de 70 anos representando o mercado editorial brasileiro, a entidade assume oficialmente a operação nacional em 1º de março.

Desde 1º de março, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) é oficialmente a Agência Brasileira do ISBN (International Standard Book Number/ Padrão Internacional de Numeração de Livro). A organização foi escolhida pela Agência Internacional do ISBN e já abriu o sistema de emissão ao público antes do prazo, em fevereiro. A mudança de comando traz novidades para os usuários, que agora contam com um sistema para a emissão mais moderno e com prazos reduzidos.

“Com mais de 70 anos como representante do mercado editorial nacional, temos um amplo conhecimento da realidade das editoras e um corpo técnico muito competente. Usamos  todos esses ativos paro oferecer um serviço de excelência com foco sempre nos usuários”, explica o Presidente da CBL, Vitor Tavares. Para a operação do ISBN no Brasil, foi designado um time com experientes profissionais de biblioteconomia para realizar o atendimento.

A entidade também já começou a operar um sistema online moderno e intuitivo, trazendo mais agilidade e facilidade às emissões. Com a mudança, o processo será mais rápido, passando de quatro para dois dias úteis. “Nosso objetivo foi criar um sistema descomplicado, simples de usar e efetivo, tanto para as editoras, que conhecem todos os trâmites e precisam da maior rapidez possível, quanto para os usuários finais. Já tivemos um período de testes em fevereiro, realizamos ajustes e novas implementações e vamos iniciar a operação da melhor forma possível”, explica o Coordenador de TI da CBL, Diego de Castro.

Agências nacionais

As agências nacionais de registro, grupo do qual a CBL agora faz parte, são designadas pela Agência Internacional do ISBN para garantir, criar, gerenciar e manter registros de ISBN, metadados e dados administrativos em suas regiões. Também devem atuar para garantir o fornecimento constante do registro, corrigir ISBNs imprecisos e metadados do ISBN. Ainda é necessário disponibilizar o ISBN e os metadados associados a outras agências de registro e usuários do sistema ISBN, além de promover, educar e treinar os profissionais para a utilização do sistema localmente.

 

Voltar
OKN Group