Notícias

Brasil comercializa 700 mil dólares em Feira do Livro de Frankfurt

Brasil comercializa 700 mil dólares em Feira do Livro de Frankfurt

A participação do país, organizada pelo Brazilian Publishers, rendeu mais de 500 reuniões com cerca de 30 países em 5 dias de evento

A participação do Brasil na Feira do Livro de Frankfurt 2018 superou expectativas de negociações, com a comercialização de 700 mil dólares em exportação de direitos autorais e livros físicos realizados durante o evento e previstos para os próximos 12 meses. Com 27 editoras brasileiras, o valor negociado superou a previsão de 650 mil dólares.

Por meio do Brazilian Publishers, projeto de fomento às exportações do conteúdo editorial brasileiro, fruto de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), os profissionais do mercado editorial brasileiro entraram em contato com mais de 30 países e realizaram mais de 500  reuniões em apenas cinco dias de evento. Além disso, foram realizados três matchmakings exclusivos para as editoras do Brazilian Publishers, sendo um deles com países da América Latina e dois com a China.

O Brasil estreitou relações com países estratégicos para o setor, como: África do Sul, Alemanha, Angola, Argentina, Austrália, Bélgica, Bulgária, Canadá, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Croácia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Índia, Itália, México, Nova Zelândia, Paquistão, Portugal, Reino Unido, Turquia e Uruguai.  “Participar de eventos internacionais é primordial para o setor editorial brasileiro apresentar produtos e fazer negócios com profissionais de todo o mundo. São em eventos como esse que conseguimos dar visibilidade para o nosso país”, afirma Luís Antonio Torelli, presidente da CBL.

Outra novidade foi a participação de três autores na delegação brasileira em Frankfurt: Bianca Santana, Geovani Martins e João Paulo Cuenca fizeram parte da programação oficial da feira, inaugurando o Frankfurt Pavilion, um novo espaço dedicado exclusivamente à mesas, debates e apresentações.

Bianca Santana debateu o tema “Escritoras da América Latina”, Geovani Martins participou da mesa “A Nova Literatura da América Latina” e João Paulo marcou presença em dois debates: ”Literatura e Política” e “Português: Língua mundial ou remanescência do colonialismo?”

O estande brasileiro também contou com uma área de exposição da Jabuteca, uma biblioteca formada por livrosbrasileiros ganhadores do Prêmio Jabuti. A Jabuteca teveo apoio da Suzano Papel e Celulose, que apresenta a edição 2018 do Prêmio Jabuti.


Sobre a CBL

Fundada em 20 de setembro de 1946, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) congrega editores, livreiros, distribuidores e creditistas de todo o Brasil com o objetivo maior de valorizar o livro e, assim, desenvolver e ampliar o mercado. As ações para difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as maiores bandeiras da entidade. A CBL organiza alguns dos mais importantes e tradicionais eventos do setor editorial brasileiro, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Prêmio Jabuti, o Congresso Internacional CBL do Livro Digital e a Escola do Livro, além de participar de feiras nacionais e internacionais. Em 2016 a entidade completou 70 anos.

Sobre o Brazilian Publishers

Brazilian Publishers (BP) é um projeto setorial de fomento às exportações do conteúdo editorial brasileiro, que resulta de uma parceria entre a CBL e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Criado em 2008, o BP tem como objetivo alavancar a participação global do conteúdo editorial brasileiro. O projeto viabiliza a participação das editoras brasileiras nas principais feiras literárias mundiais, a capacitação do mercado editorial brasileiro e o relacionamento entre seus associados e possíveis compradores, visando ampliar a presença de nossa produção editorial no exterior e fomentar a internacionalização da indústria e do mercado nacional do livro.

 

 

Voltar
OKN Group