Associação

Câmara Brasileira do Livro

A nossa missão

Atender aos objetivos maiores de seus associados e ampliar o mercado editorial por meio da democratização do acesso ao livro e da promoção de ações para difundir e estimular a leitura.

Código de ética

Institui o Código de Ética da Câmara Brasileira do Livro – CBL e seus Associados e regulamenta os artigos 7°, VII, e 8º do Estatuto da Câmara Brasileira do Livro.

Download do PDF

Estatuto

A Câmara Brasileira do Livro, entidade de âmbito nacional, fundada em 20 de setembro de 1946, tendo como objetivo defender e difundir o livro.

Download do PDF

HISTÓRIA DA CÂMARA BRASILEIRA DO LIVRO

O trabalho da Câmara Brasileira do Livro gira em torno de três eixos estratégicos: ação política, desenvolvimento do negócio e apoio aos associados.

Sobre a CBL

Sua história remete à efervescência cultural da São Paulo dos anos 1940, quando um grupo de editores e livreiros começou a se reunir para discutir os problemas do setor e buscar formas de atuação conjunta e organizada. Desses encontros, surgiu a proposta da criação de uma entidade de classe que assumisse a tarefa de divulgar e promover o livro no país.

A Câmara Brasileira do Livro foi fundada oficialmente no dia 20 de setembro de 1946, em assembleia realizada na livraria O Pensamento, localizada no antigo largo de São Paulo, no centro da capital paulista. Livro, presente de amigo foi a primeira campanha publicitária que, ainda em 1946, iniciou o trabalho de divulgação do livro. A ela seguiram-se muitas outras iniciativas, todas em benefício do livro e da leitura no Brasil.

A CBL que completou 70 anos esse ano, reúne editores, distribuidores, livreiros e porta-a-porta, em torno de uma causa fundamental: a construção de um país com melhor educação através do livro e da leitura. Atualmente, a CBL representa mais de 400 associados em todo o Brasil.

Ação Política

A CBL atua fortemente para manter sua representatividade política perante o Governo Federal e junto ao Congresso Nacional nas áreas do livro e da leitura, com o objetivo de ampliar a influência do setor nas decisões que dizem respeito ao livro.
Para tanto mantém articulação entre as diversas entidades nacionais e regionais ligadas ao livro e leitura, permitindo uma ação coordenada da cadeia produtiva nas várias instâncias de poder.

Desenvolvimento do Negócio

Conhecimento e informação econômico-financeira sobre o mercado editorial servem de base para avaliação das oportunidades, bem como para apoiar processos decisórios. Esta é a razão pela qual a Câmara Brasileira do Livro oferece anualmente aos seus associados uma radiografia completa do setor com a pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro. A pesquisa é um estudo realizado pela FIPE – (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, entidade ligada à Universidade de São Paulo), patrocinado pela CBL e SNEL – Sindicato Nacional dos Editores de Livros.

Partindo deste conhecimento, tem sido possível promover o desenvolvimento do setor, trabalhando com maior precisão na ampliação de políticas públicas e no desenvolvimento de competências que:

• apoiam a criação e revitalização de bibliotecas (públicas e privadas) em nível nacional, regional e municipal;
• ampliam e fortalecem o circuito nacional de feiras de livro e festivais literários;
• facilitam o acesso da população ao livro e à leitura e apoiar o desenvolvimento dos mercados regionais;
• promovem e apoiam a realização de ações para a formação de novos leitores;
• adicionam competitividade ao setor.

Apoio ao Associado

Modernizar a gestão tem sido a diretriz para adicionar ainda mais agilidade e qualidade aos serviços prestados, assim como dotar os associados de maior capacidade de competir e de se inserir mais fortemente nos mercados internacionais.

OKN Group